23 de setembro de 2012

O barão garfava por enxertia duplamente bastarda

Esta nota refere-se à secção 9 de O Barão de Lavos (que pode ler aqui) 


"O barão garfava por enxertia duplamente bastarda em duas das mais antigas e ilustres famílias de Portugal. "
garfar (v. tr.) 4. [Agricultura]  Enxertar de garfo.
enxerto (s. m.) 1. [Botânica]  Operação através da qual se introduz uma parte de um vegetal no tronco ou ramo de outro vegetal para nele se desenvolver.
bastardo (francês antigo bastard, hoje bâtard (adj.) 1. Que não nasceu de matrimónio.
Bela forma de dizer que o barão descendia da antiga família Castro, mas que dois dos seus antepassados tinham nascido fora do casamento.

"carugento apelido castelhano, evo de oito séculos"
carugem (ver caruncho)
evo (s. m.) 1. Duração sem fim. 2. Eternidade. 3. Século.

"este glorioso talo genealógico dos Castros, refolhou, em Espanha, nos condes de Lemos"
É uma "gloriosa" forma de dizer que os Castros tiveram descendência espanhola.

"Deu ainda tão preclara cepa da nossa horta heráldica esse lendário grelo da isenção e da honra, que foi o grande D. João de Castro."
preclaro (adj.) 1. Ilustre; famoso; ínclito. 2. Belo; formoso.
grelo (s. m.) 2. Haste das plantas crucíferas em que se há de abrir a flor.
D. João de Castro (Lisboa27 de Fevereiro de 1500 — Goa6 de Junho de 1548) foi um nobrecartógrafo e administrador colonial português. Foi governador e capitão general, 13.º governador e 4.º vice-Rei do Estado Português da Índia. Ficou famoso por empenhar as barbas por um empréstimo para reconstrução das muralhas de Diu.
Em relação à "horta heráldica" ver também A aristocracia e a religião no século XIX.

"Mas a casa de Monsanto não era vergôntea legítima"
vergôntea (s. f.) 1. Vara tenra; renovo; rama de árvore. 2. Haste. 3. [Figurado]  Prole; descendente em tenra idade.

"uma degenerescência bastarda no bracejamento fidalgo da família."
bracejar (v. tr.) prover de braços (verbo intransitivo) 1. agitar os braços 2. fazer movimentos semelhantes aos dos braços 3. figurado lidar; lutar 4. BOTÂNICA criar braços (os vegetais); germinar 5. HIPISMO (cavalo) projetar de mais as patas dianteiras
Trata-se de um ramo bastardo da árvore genealógica da família.

"treze arruelas de azul em campo de oiro"
arruela (s. f.) 4. [Heráldica]  Besante.
besante  (s. m.) 2. [Heráldica]  Peça circular de ouro ou prata sem marca.

"Escarolavam nesse tempo do segredo tépido das alcovas para a bisbilhotice oficial dos símbolos brasonados as diferenciações no estalão moral das grandes famílias solarengas."
escarolar (v. tr.) 1. Tirar (o grão) do carolo.
estalão (s. m.) 1. Craveira; medida; padrão.
As famílias aristocráticas batiam-se em praça pública pela utilização dos velhos brasões familiares como se o seu prestígio moral disso dependesse.
Ver também A aristocracia e a religião no século XIX.

"um luzidíssimo cortejo de homens de algo"
Um cortejo imponente de fidalgos.

"E o rei achou bom, indeclinável que o zombeteiro áulico saísse de Lisboa;"
áulico (adj) 1. Da corte.

"Andava, demais, perdidamente enamorado por D. Branca de Noronha, servilheta"
servilheta (s. f.) Criada; serva.

"a fronte de ordinário torva de D. João III caliginava-se, furibunda"
torvo (adj.) 1. Que causa impressão desagradável pela fealdade sinistra que apresenta. 2. Feio. 3. Terrível.
4. Sinistro e pavoroso. 
caliginar (v. tr.) 1. tornar caliginoso 2. escurecer
D. João III de Portugal (Lisboa, 6 de Junho de 1502 — Lisboa, 11 de Junho de 1557) foi o décimo quinto Rei de Portugal, cognominado O Piedoso ou O Pio pela sua devoção religiosa.
A cara feia de D. João III, ensombrecia-se, zangada.


"se fora alcandorar, com uma nobre virgem raptada, na penhascosa e abrupta solidão do seu castelo"
alcandorar (v. pron.) 1. Pousar (ave) em alcândora. 2. Colocar-se alto.

"Monsanto, — espessa coroa mural de um alto mamelão lascado a pino"
mamelão (Do francês mamelon(s. m.) 1. eminência ou cume arredondado 2. outeiro; montículo 
Monsanto (ou Monsanto da Beira) é uma freguesia portuguesa do concelho de Idanha-a-Nova.

"o rei na ocasião preocupava-se demasiado com a Reforma, contra a qual prorrompera, de colaboração com Carlos V"
A Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão iniciado no início do século XVI por Martinho Lutero, através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517.
Carlos de Habsburgo (Gante, 24 de fevereiro de 1500 — Cáceres, 21 de setembro de 1558) foi o 2º Rei de Espanha (Carlos I), logo depois de sua mãe, e Imperador do Sacro Império Romano (Carlos V).
prorromper (v. intr.) 1. Sair com ímpeto. 2. Manifestar-se repentinamente.

"Desta romanesca mancebia porejou um filho, que vinha a ser o sexto avô do nosso barão"
mancebia (s. f.) 1. Estado de quem vive amancebado. 2. Vida dissoluta.
porejar (v. intr.) 2. Sair pelos poros.

Fontes:
Arquivo Nacional da Torre do Tombo (armas dos Castro)
Enviar um comentário