6 de agosto de 2012

Figurinha de Saxe, luminosa e frívola

Esta nota refere-se à secção 7 de O Barão de Lavos (que pode ler aqui) 

"— Boa noite, Vivi; —"
A mulher do barão chamava-se Elvira, daí o diminutivo "Vivi".

"deixava cair maquinalmente um beijo nos crespos eriçados sobre a testa pequenina da baronesa"
crespos (s. m. pl.) 6. Rugas, pregas, franzidos.
eriçar (origem duvidosa) (v. tr. e pron.) Deixar ou ficar (pelo ou cabelo) espetado ou levantado.
Serão as rugas da testa da baronesa, ligeiramente franzidas pela leitura, ou alguns dos seus cabelos soltos sobre a testa?

"que lia com interesse Madame Bovary"
Madame Bovary é um dos mais famosos romances do francês Gustave Flaubert, sobre uma mulher que busca no adultério a liberdade e a felicidade que não encontra no casamento. Este romance provocou enorme escândalo ao ser publicado em 1857. Não deixa de ser irónico que a baronesa esteja a ler "com delícia" um romance sobre adultério, quando já no capítulo I soubemos do comportamento do barão. As nuvens negras que anunciam a tempestade vão-se acumulando no horizonte...

"afundou-se pesadamente na macieza de um fauteuil"
fauteuil (palavra francesa) (s. m.) 1. Poltrona. 

"E enovelou-se toda na cabeceira da chaise-longue"
chaise longue (palavra francesa) (s. f.) Cadeira para reclinar o corpo.
Ver também "Lisboa não sejas francesa".

"uma mesinha baixa de charão"
charão (s. m.) 1. Verniz de laca da China e do Japão.

"numa claridade repousada e honesta de interior de Gerard Dou ou de Van Eyck"
Gerard Dou ou Gerrit Dou (Leiden, 1613 - Leiden, 1675) foi um pintor e gravador dos Países Baixos, especialista em  naturezas-mortas e objectos de uso doméstico, ricos em pormenores e pequenos detalhes.
Jan van Eyck (Maaseik?, c. 1390 — Bruges, 1441) foi um pintor flamengo do século XV, caracterizado pelo naturalismo, imperando na sua obra meticulosos pormenores.

"picantes à força de subtilização e de nervos"
subtil (latim subtilis, -e) (adj. 2 g.) 1. Composto de partes finas, delgadas, ténues. 2. Fino, delgado, simples. 3. Extremamente miúdo; que escapa ao tato. 4. Penetrante. 5. Que se insinua ou infiltra rapidamente; ativo, enérgico. 6. [Figurado]  Que tem muita penetração ou agudeza; perspicaz, penetrante, hábil, talentoso. 7. Artificioso, caviloso. 8. Engenhoso, destro, fino, arteiro. 9. Manso, leve.
Muitas interpretações possíveis, neste caso... podemos ter, por exemplo, uma baronesa subtilmente mordaz e impulsiva.

Le Marquis, porcelana Meissen porcelain,
modelado por P. Reinicke, cerca de 1757
"figurinha de Saxe, luminosa e frívola"
Estas figurinhas de Saxe devem ser as famosas porcelanas de Meissen, que dominaram a indústria da porcelana na Europa até meados do século XVIII. As suas figurinhas são brilhantes, luminosas e de cores suaves, com formas arredondadas e poses muito expressivas, frequentemente clássicas, palacianas ou pastoris. Eram muito prezadas para decoração e como símbolo de status social (e por isso sujeitas a cópia e falsificação). Atualmente podemos apreciar excelentes exemplares de figurinhas de Saxe nos melhores museus de artes decorativas do mundo, como o V&A Museum de Londres, sendo ainda hoje objetos de coleção muito procurados.

"o nariz, impercetível, fino, erguia-se na base em arrebite"
arrebitar (v. tr.) 1. Virar para cima a ponta ou extremidade de. (v. pron.) 2. Espevitar-se. 3. Mostrar-se soberbo.

"e pela curva da face, de uma alvura crassa de leite, subia de cada lado, do mento às fontes, a sinuosidade azul de uma veia tenuíssima"
mento (s. m.) 1. Parte inferior do rosto


Fontes:



Enviar um comentário